METRÔ - Tudo Pode Mudar

[postlink]http://clipvinil.blogspot.com/2010/06/metro-tudo-pode-mudar.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=ypjwoZumCJEendofvid
[starttext]
Metrô foi uma banda de pop/rock brasileira, formada em 1979 na cidade de São Paulo.

Formado por Virginie (voz), Alec (guitarra), Yann Lao (teclado, piano, guitarra e percussão), Zavié (baixo), Dany Roland (bateria, violão, guitarra e acordeom) - todos eles franceses radicados no Brasil -, a banda foi conhecida especialmente na primeira metade da década de 1980, quando obteve sucesso nas paradas brasileiras com canções como "Beat Acelerado", "Johnny Love" e "Tudo Pode Mudar".

Início
A banda (que teve inúmeras formações)nasceu com o nome de "A Gota" (depois "A Gota Suspensa")influênciados pelos anos 60 e 70 (Beatles,Tropicália, Novos Baianos, Pink Floyd, Weather Report,etc). Com esse nome, o grupo lançou um LP independente em 1984. Apesar de não obter repercussão comercial, o disco chamou a atenção da gravadora CBS, que os contratou. A Gota Suspensa mudou de nome e passou a se chamar "Metrô". O grupo também deixou o estilo rock progressivo e adotou uma linha mais pop/rock, influênciados pela "New Wave"

No final de 1984, o grupo gravou um compacto, com a música "Beat acelerado", que obteve grande sucesso no Brasil. Em 1985, foi lançado "Olhar", primeiro LP do Metrô. O grupo também participou da trilha sonora do filme brasileiro "Rock Estrela", dirigido por Lael Rodriguese "Areias Escaldantes" de Francisco de Paula.

Fim do Metrô
O grupo passou a realizar vários concertos por todo Brasil. O excesso de shows e de exposição, somadas as pressões comerciais, desgastaram a banda. No auge do sucesso, a vocalista Virginie deixou o Metrô em abril de 1986.

Tristes Tigres
Os membros remanescentes convidaram Pedro (d´Orey)Parq, ex-vocalista do grupo de rock português Mler If Dada, para substituir Virginie, e quase adotaram um novo nome: "Tristes Tigres". Em 1987, eles lançaram o LP "A Mão de Mao",. Virginie ingressou em uma nova banda, chamada "Fruto Proibido", que lançou em 1988 o álbum "Crime Perfeito", mas logo abandonaria o projeto. Os "Metrôs" se separaram em 1988.

Retorno
Após o fim, alguns dos integrantes voltaram para a Europaonde formaram "The Passengers" em 1992 lançando CD Homonimo e fazendo vários shows pela Bélgica e França. Virginie casou-se com um diplomata e mudou se para Namibia, depoisMoçambique e hoje vive em Madagascar. Anos depois, todos (com excessão de Virginie) voltaram ao Brasil. A convite do ex-produtor Luiz Carlos Maluly :Dany, Yann, Zaviê e Alec se reuniram novamente.

Em agosto de 2002, eles fecharam um acordo com a gravadora Trama, que lançou em novembro o CD "Déja-Vu"[1], que incluía composições inéditas e ainda regravações dos hits "Beat Acelerado" e "Johnny Love", além de covers de "Aquarela do Brasil" (de Ary Barroso) e "Mensagem de Amor" (dos Paralamas do Sucesso). O álbum ainda teve as participações especiais de Jorge Mautner, Nelson Jacobina, Waly Salomão,Otto (ex-Mundo Livre S/A) e de Preta Gil, entre outros.

Zaviê se desligou do grupo ainda naquele ano, mas os demais intergrantes se reuniram em apresentações para divulgação do álbum. Em 2003, realizaram uma turnê pela Europa e África . No final de abril e começo de maio de 2004, fizeram shows em São Paulo, Rio de Janeiro, Londres, Paris e Lisboa, todos lotados.






TUDO PODE MUDAR
(Alec, Vicente E Yan)

Nada ultrapassa a velocidade do amor
Venha de onde vier, seja como for
Subitamente o tempo parece parar
Nada acontece distante do teu olhar
E eu aqui sozinha esperando você chegar
Enquanto o digital do relógio parece avisar

E no balanço das horas tudo pode mudar
Eu acho que ele não vem
Ele não vem não
Mas será que virá?

Volto para casa fazendo trapaças pra dor
Seja o que deus quiser, seja o que for
Me ligo na televisão pro tempo passar
Mas todos os anúncios afirmam que é bom amar
E dentro do meu peito, não tem jeito bate paixão
São dez pra ficar louca, daqui a pouco eu posso pirar
[endtext]

2 comentários:

Rosa Paula Lemos disse...

Pois é , como diz a música; nada ultrapassa a velocidade do amor. Muitas saudades. Tudo de bom que uma época pôde nos oferecer. Bjs

sonia negrison disse...

MUITO BOA MÚSICA.INCLUSIVE FALA DE FAROS QUE REALMENTE ACONTECEM.OBRIGADA. BJS. MENINA

Postar um comentário